ESCLARECIMENTO PRELIMINAR:

Aqui neste espaço quando nos referimos à jardinagem, queremos dizer a autêntica jardinagem. Do nosso ponto de vista – e por falta de outra expressão na nossa linguagem – precisamos diferenciar os tipos que lidam com a mesma coisa mas de forma profundamente diferente.

Projetistas de computador, varredores de pátios, aplicadores de veneno, aparadores de grama e mutiladores de árvores não se enquadram na definição de jardineiros que utilizamos neste sítio.

A jardinagem é uma arte de sensibilidade e amor. Não é nada estritamente complexo ou sofiscado, mas misterioso e de infinitas descobertas. Qualquer um pode, e deve, tentar. Cultivar um jardim faz bem para o corpo e para alma, nos coloca em contato com a natureza e reestabelece alguns padrões de equilíbrio que podem refletir em todo o ambiente e nas pessoas do nosso entorno.

Jardim criado por Gertrude Jekyll (1843-1932), provavelmente a jardineira mais respeitada de sua época e cuja influência no mundo da jardinagem é  evidente até hoje.